Desenvolvimento da criança

Aulas do Paidós: efetivas, criativas e livres de fórmulas desgastantes

By 2 de setembro de 2019 No Comments

É possível que o ensino seja realizado de forma efetiva, criativa e livre de fórmulas desgastantes? Como ajudar os filhos a se tornarem mais seguros e autônomos em seu processo de aprendizagem? A nossa equipe acredita que a condução ao saber é mais que ensinar conteúdo, mas formar pessoas autônomas e confiantes, pessoas capazes de lidar com as diversas áreas do conhecimento.

E você sabe o que é autonomia? A palavra autonomia significa a faculdade de se governar por si mesmo; o direito ou faculdade de se reger por leis próprias; liberdade ou independência moral ou intelectual; agir sem controle externo.

Durante as aulas no Paidós, os alunos são desafiados e instigados a construírem conhecimentos por meio da interação com os seus pares, a elaborarem perguntas coerentes com o assunto abordado e a criarem as suas próprias estratégias de resolução das atividades propostas.

E é nesse movimento de troca e criação que nascem o desejo pela busca ao saber e a consciência da importância de aprender. O aluno questiona, pergunta, elabora e confronta hipóteses e sem perceber, ele internalizou algo novo. Aprende. portanto, de forma natural, simplesmente porque sentiu a curiosidade ou a necessidade em conhecer. E como se sentem felizes ao se perceberem protagonistas do seu processo de ensino-aprendizagem!

Aulas especiais demandam um planejamento bem feito e repleto de cuidados específicos. Os objetivos a serem alcançados com cada aluno são traçados com o foco em suas habilidades. que proporcione aos alunos desenvolver competências necessárias para se tornarem alunos nota 10. Um dos objetivos do Projeto Para Pequenos é apresentar os grandes nomes da literatura a partir de aulas dinâmicas e divertidas. Trabalhamos com as obras de Ariano Suassuna, Luís Fernando Veríssimo, Mário Quintana, Arthur Conan Doyle, Clarice Lispector, Machado de Assis entre outros.

Aguçar a imaginação dos alunos a partir da exposição de um determinado assunto requer simplicidade para que haja o deslumbramento pelo texto literário. O primeiro desafio é despertar a atenção dos alunos por meio de explicações simples sobre algumas informações relevantes. Um dos recursos que utilizamos para que o prazer aconteça, é apresentar as características próprias de cada autor, como peculiaridades de sua vida e fatos marcantes sobre sua obra.

A literatura tem como característica proporcionar ao aluno o aprimoramento como pessoa humana, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico. Como aprender exige idas e vindas, debruçar sobre as histórias têm uma importância que vai além do prazer, pois a criança pode conhecer coisas novas, o que proporcionará a construção da linguagem, da oralidade, de valores e sentimentos.

No Projeto para os pequenos, as amplas possibilidades de ressignificação do mundo real através da literatura – para a exploração da imaginação e criatividade – se faz presente. A partir dessas ressignificações, os alunos colocam em prática o exercício de criação de várias produções de textos criativos por meio de diversos gêneros textuais.

Ao serem desafiados a produzirem textos, os alunos enfrentam situações em que terão de colocar em prática várias competências, como por exemplo atribuir sentidos ao que está escrevendo, utilizando as palavras como matéria-prima para a escrita. É nesse momento que o Método Paidéia entra em ação, pois os alunos se vêem livres de fórmulas e abandonam mitos sobre a escrita.

Assim, as aulas no Paidós permite o despertar para a curiosidade através das narrativas literárias, tornando a prática da leitura um processo contínuo que envolve a compreensão inesgotável da decodificação da palavra escrita. O sentido se faz através do modo como a leitura se relaciona entre o dito e o compreendido. Desta forma o ato de ler implica na percepção crítica, na interpretação, na reescrita, na reelaboração do que se lê.

Leave a Reply